Review


Boa Noite a todos. Cá estou, novamente, para postar nesse humilde blog.

Hoje, faço um review do novo cd do Foo Fighters, intitulado: Echoes, Silence, Patience & Grace. Vindo deles, não podemos esperar nada menos que um EXCELENTE, e mais uma vez eles não nos decepcionam. Desde o cd ONE BY ONE, eles alternam faixas extremamente pesadas com faixas mais light, e esse cd não é diferente. Todas as músicas são excelentes, mas destaco “THE PRETENDER”, o 1º single desse cd, e a música de abertura. Temos também “SUMMER’S END”, “STRANGER THINGS HAVE HAPPENED” e “BUT,HONESTLY”, a 2ª melhor do cd, na minha opinião.

Veredito: Para aqueles que gostam de um bom rock, esse cd é parada obrigatória. Para quem não conhece a banda, esse cd é uma boa opção de apresentação aos caras. Para os fãs de Foo Fighters, não preciso nem dizer: corra logo e arrume o seu.

P.S.: Sei que o Review ficou meio Parcial, mas esse cd deles não tem um ponto negativo.

Música de Destaque: The Fray – Cable Car (In Over My Head)

Anúncios

house_md

Qual é a primeira imagem que vem à sua cabeça ao pensar em um médico? Um ser educado, que se preocupa com as pessoas e responsável, certo? Concordo. Mas o Dr. Gregory House é o oposto de tudo que você pode imaginar.

House não gosta de pessoas e nunca acredita nelas. É o anti-médico. Na verdade, ele só seguiu essa profissão porque ele gosta de enfrentar as doenças, e as pessoas são só um obstáculo até elas.

Inteligência. Ao extremo. Isso é que faz Gregory House ser um dos melhores médicos existentes, e ele ainda conta com uma equipe excelente.

O humor ácido é presença constante na série, é impossível não rir com os foras e sarcarmos de House. O jeito como ele trata seus pacientes é irritante e pode nos dar calafrios, mas o humor britânico é impagável.

Hugh Laurie (o pai do filme Stuart Little) está mais do que perfeito no papel. Na verdade, a série não seria metade do que é sem ele. Nunca vi uma interpretação tão perfeita em um seriado. Sério. É ver parar crer.

Mesmo se você não gosta de seriados médicos, dê uma chace a House M.D., pois ele foge do padrão adicionando humor e um personagem totalmente incomum e extremamente marcante.

É possível que algumas pessoas se cansem da fórmula usada em cada episódio. Mas isso é compensado pelo desenrolar de cada história e pela interpretação de Hugh.

O seriado está entrando na quarta temporada e a Universal Channel está reprisando a terceira aqui no Brasil.

Um dos melhores seriados que já vi. Altamente recomendado!

Everybody Lies.

                          (Dr. Gregory House)

Nota: 9,0/10

 psych

 

Começo aqui a mais nova coluna do AI-1: Os Quick Reviews. Perfeito pra você que não tem muito tempo e quer saber uma opinião sobre jogos, seriados, gadgets etc!

Psych é um seriado que está fora do circuito dos mais famosos como Lost, Heroes e Prison Break.

A história é o seguinte: Shawn Spencer (James Roday, “Miss Match”) foi treinado desde criança por seu pai policial Henry (Corbin Bernsen, “L.A. Law”) a observar tudo em sua volta, criando assim alto poder de dedução. Quando adulto ele convence a polícia que é um médium e junto com seu amigo Gus (Dulé Hill, “The West Wing”) vai desvendar vários crimes usando sua incrível dedução, fazendo a polícia acreditar que na verdade são visões que ele tem.

Pra quem gosta de um seriado policial misturado com comédia (como o mais conhecido Monk), Psych é um prato cheio. melhor ainda do que o enredo é a atuação. James Roday está perfeito como o médium falso e Dulé Hill consegue nos fazer rir sem o menor esforço.

Vale a pena dar uma olhada em Psych se vc gosta do gênero. Com certeza não vai ser um seriado que vai fazer você querer ver logo do início ao fim (como Heroes), mas pode render vários momentos de diversão.

NOTA: 7,5/10